Resenha

Il nome della rosa

o-nome-da-rosa

Durante a baixa idade média mortes estranhas começam a acontecer num mosteiro beneditino na Itália, onde as vitimas aparecem com a língua e os dedos roxos. William de Baskerville (Sean Connery), um monge franciscano e ex-inquisitor, chega ao mosteiro para participar de um conclave, mas diante dos assassinatos desvia sua atenção e investiga o caso acompanhado por Adso von Melk (Christian Slater) seu discípulo; (tinha-se o costume de fazer com que o segundo filho de uma família nobre seguisse a carreira eclesiástica).

O mosteiro tinha grande fama por sua coleção de livros e a trama se volta basicamente para a biblioteca, uma vez que concentra fontes do saber que ameaçam a doutrina cristã. A biblioteca era um labirinto e aqueles que chegavam ao final eram mortos, uma característica da hegemonia católica nos campos da cultura e da educação. A aparência doentia dos monges e frades, a atmosfera sombria do mosteiro em adição ao pensamento corrente ligado ao sobrenatural levam os monges a acreditarem que as mortes se devem a intervenções demoníacas, e impedem toda e qualquer tentativa de esclarecimento racional.

William de Baskerville tende ao gosto pelos estudos e análises empíricas, o que faz dele um lógico de orientação aristotélica. Isso é percebido também em suas convicções religiosas que o colocam em situação difícil perante o Santo Ofício, mas não o impede de investigar os assassinatos. No filme, ele representa o Intelectual Renascentista, com uma postura Humanista e Racional.

Quando Baskerville chega à conclusão que todas as mortes estavam ligadas à leitura de uma obra rara e proibida, os administradores do local tendem em manter as versões místicas, em detrimento da verdade apontada, e assim mesmo depois de todas as evidências, o abade não permite que William entre na biblioteca oculta aos demais. É convocando Bernardo Gui (Fahrid Murray Abraham), o Grão-Inquisidor, que chega ao local – na tentativa de encobrir os fatos – pronto para torturar qualquer suspeito de heresia em nome do diabo. Entre os acusados está uma jovem que vende seus favores sexuais em troca de alimentos. A condição da mulher é de inferioridade, ligada ao pecado e responsável pelo aliciamento dos homens ao mal.

Durante o julgamento, na tentativa de inocentar os acusados, William contrapõe os argumentos do inquisidor e então é incluído no rol de suspeitos e passa a situação de acusado de heresia. Desenrola-se uma corrida contra o tempo para encontrar o livro proibido e livrar todos os acusados, William e seu discípulo conseguem então adentrar a biblioteca e encontram Monsenhor Jorge em posse da obra, trava-se o diálogo que esclarece a motivação para as mortes. Sendo a obra escrita por Aristóteles que aborda o riso como instrumento da verdade, e que teve suas páginas envenenadas por Jorge que odiava a comédia e via no riso uma possibilidade de dúvida sobre Deus.

Um grande incêndio provocado pelo assassino descoberto e a revolta dos habitantes da região em torno do mosteiro pela condenação da jovem à fogueira impedem a concretização dos planos do inquisidor de levar William ao tribunal de Roma para acusação. Desta forma William e seu discípulo, vão embora do mosteiro e seguem destinos diferentes no decorrer de suas vidas. Adso von Melk já na sua velhice narra os fatos ocorridos nestes dias passados no mosteiro.

O filme “O Nome da Rosa” (1986) dirigido por Jean-Jacques, baseado no livro homônimo de Umberto Eco nos permite transitar por diversos temas e fases da história, nos leva inclusive aos fatores que levaram ao surgimento da Reforma do século XVI. Leva-nos a transitar pela filosofia antiga, medieval e antever a moderna além de averiguar o poder da igreja durante a idade média e a sua forte opressão, um ambiente no qual as contradições e oposições, justificam as ações humanas. Coloca frente a frente à questão do Bem e do Mal. Além do que, a trama policial criada por Umberto Eco dá sustentação para um grande filme de suspense.

Resenha feita pro curso de Psicologia (1º periodo); sempre que me ocorrer postarei temas ligados a psicologia neste blog. 

Anúncios